CONTOS  ERÓTICOS 

Mande-nos sua estória que a publicaremos - clique aqui

 

 

Estuprando o filho do delegado - Ele veio pra cima de mim querendo me dar um soco, mas novamente o imobilizei e o coloquei sentado no vaso sanitário. Me posicionei em frente dele e ordenei: ...
 
Sacanagem no banheiro da academia - ... Continuei me enxugando e já pensando: "esse cara ta a fim de sacanagem". Voltei a passar em frente do box ...
 
Ajudante de pedreiro - O homem percebeu e seu volume começou a crescer, então me convidou para entrar. Um café seria a opção. Sentei na cama e ele sentou colado a mim. Minha mente girava ...
 
Fui Pra Comer 1 E Acabei Comendo 2! Delicia... - Então fomos pro meu carro e de lá pra casa dele, no meio do caminho dentro do carro ele coloca sua Mao sobre meu pau
 
Sexo Pós Aula... - - Se você me der um selinho e colocar seu bumbum na miha perna-disse ele.Eu fiquei confuso.Mas logo aceitei.

 

Fui Enrrabado Quando eu Gostei - Sou um cara resolvido em materia de sexo. Já trepei varias mulheres, mais tambem fui enrrabado, vou contar um caso verdadeiro, pois sei que não vão saber quem sou ,eu tinha 15 anos e costuma sair aos domingos ,para passear pelo centro de Salvador,Ba.

 

A 1ª Suruba - Conheci uns amigos em no carnaval aqui me Porto Seguro - BA, desde então sempre saimos juntos e tal.
Até que um amigo nosso organizou uma festa GLS, até entçao eu nunca tinah ido em uma.

 

MSN Mágico - Bem, desde pequeno sempre tive atração por homens, principalmente os mais maduros. Reprimia sempre meus sentimentos e, quando não aguentei mais, comecei a ter alguns casos com homens, mas nada sério.
 
Uma Noite homossexual - Ele entrou, pegou o meu sabonete e começou á passar nas minhas costas, desde a nuca até o meu cusinho, e metia a ponta do dedo, lá dentro, isso me deixou com tesão e o meu pau ficou muito duro.
 
O Acaso Inesperado - sai nu e pargunta se nao queria tomar banho tambem estava nu com a pica dura eu falei nao cara estou esparando minha namorada na cara de pau ele falou vai fuder ela agora e eu disse nao ele falou entao vamos fuder agora
 
Liberando Em Sampa - Fomos para um local mais escurinho e lá eu me deliciei naquela pica grossa com mais ou menos 19cm. Chupava como bezerro faminto o pau daquele jovem de 23 anos.

 

  Pé De Mesa - quando chegamos na mata um deles teve a ideia de tomar banho de lagoa nu e nos convenceu a irmos com ele chegando na lagoa todos ficam pelados

 

Gay Por Um Dia ( Verídico ) - Por volta das 2 da manha já estava cochilando no sofa quando derepente o meu amigo e mais 4 viados me seguraram e tiraram a minha calça...

 

Chupada Gostosa no Cinema - Ao ver meu membro duro, por debaixo da cueca, o rapaz que estava ao lado quase teve um troco. O rapaz que estava ao nosso lado não tirava os olhos de nós
 
Colega de Trabalho - Quando eu abri meus olhos pensando que ele iria falar algo serio me deparo com ele em PE do meu lado com o pau para fora da calça.Aquilo ñ era só um pau e sim um belo de um mastro grande e grosso na cor chocolate ao leite devia ter no mínimo 20 cm e bem grosso
 
Um Negão Me fez  Fêmea Para Sempre - Zé entrou se deparando comigo de costas oferendo meu bumbum a ele. Ele olhou sem entender nada e disse num impulso que delicia, imaginei que vc fosse viadinho
 
Quando Conheci Francisco. - movimento da vara sob as roupas do rapaz, e fiquei cheio de tesão, queria conhece-lo mais intimamente, de modos que pedi o seu número de telefone

 

Visinho Tesudo - Quando um dia seu pai me pede pra eu dormir la que eles tinham que viajar por motivo de morte na familia, eu como bom camarada de cara aceitei pois ficava mexendo na gaveta dele e nas suas cuecas

 

 Chupando o Segurança - Eu estava trabalhando como monitor e no final do meu periodo resolvi ir ao banheiro.
Enquanto estava urinando, entrou um segurança nu banheiro e veio mijar do meu lado...

 

Carne Nova no Pedaço -Quando a gente menos espera as coisas acontece foi o que acabou acontecendo comigo fiquei um final de semana fora e quando voltei fiquei sabendo que tinha mudado um novo vizinho ao lado do meu apto
 
Vizinho Juijiteiro Dominador II - Daqui a pouco chega uma mensagem no celular: vem pra garagem. Desci de pau duro. Ele tinha acabado de chegar do jiujitsu, ainda tava com a calça do kimono.
Tirou a rola pra fora e ordenou: “já começa a mamar aqui, viadinho”
 
Cunhado Maravilhoso  - Comecei a acariciar sua tora e ele foi gostando dizendo que nunca pensou em fazer isso com um cara, e ainda mais comigo. Sem permitir mais nada, passei a língua nos seus lábios e o beijei.
 
O Homem de Minha Vida - Ele disse para eu ficar de 4 na cama. Abaixou minha bermuda. Apertou minha bunda.
Acabou de tirar a minha bermuda e ficou me olhando uns 2 minutos até que começou morder minhas costas. Foi na minha cueca e foi tirando muito

 

O Moreno de meu Tio - Sou um cara que mora no interior de SP, quase todos os anos, no mês das férias escolares, era Rotina de eu ir passar as férias na casa dos meus tios. Sempre sou bem recebido lá. Até aquele dia, eu não sabia que era homossexual, mais meu tio me libertou.

 

Caguei de Tanto Tomar no Cu... - O cara que tomou o seu lugar encapou o seu rolão e foi metendo no meu sem dó. Eu como já estava bem aberto por causa do pau do moleque que havia abrido caminho

 

No Caminho - tudo começou nesse feriado , fui para a fazenda da minha tia na sexta , chegando la so tinha eu uma prima i uns 3 primos alem do mesmo pessoal de sempre notei que o namorado da minha prima tinha ido super bonito eli ...
 
Meu Amigo do Passado - Passou pela minha rua um rapaz lindo moreno claro tudo de bom não curto ser ativo mas aquele rapaz me chamou atenção, estava eu lavando minha louça de sabado qdo passa um rapaz pela minha rua me chamou muita atenção
 
Vendedor de Gás - Entao nesse dia q eu tava indo pra la eu vi ele subindo de moto,mas sabia q ele faria o trampo dele, e sairia fora, mas pra minha surpreza ele entregou o gas no bar de costume e em seguida deu uma descindinha perto da trilha pra mijar, eu desci atras pra ver o pau
 
Daniel meu 1º Amor - Ele sempre muito sensível, as vezes parava e me olhava com os olhos mais puros de um homem. Ate q mais uma vez eu tomei coragem e a mão boba entra em ação, apertei o pau dele por cima da bermuda e quase morri era muito grande,

 

Tirando o Cabaço do Vizinho... - Hugo lá eu tava no banho e sai de toalha pra atender a porta, tava tocando uma punheta vendo o filme de mais cedo que ainda tava no DVD, então meu cacete tava duro e a toalha não ajudou muito a esconder

 

  Trepada Maravilhosa - Desde os 16 anos de idade tenho desejos homossexuais e aos 17 anos de idade iniciei no sexo, ou seja, tive a minha 1ª transa com homem, foi com um colega meu da mesma idade que a minha.

 

  Peidei Dando a Bunda no Interior - De quatro, fui sentindo a cabeça da pica encostando na portinha do meu cu.
João começou a forçar, eu empinei a bunda pra trás, pedir para ir devegar, pois nunca havia dado o cu antes.
 
  O Cara do Ônibus - Ficamos uns minutos nos olhando sentado no sofá e conversando, como achei que ele tava meio fraco, coloquei-o no colo, levei pra meu quarto novamente, deitei ele na banheira,

 

No vestiário masculino.- O assunto parou, mas meu frasco de Shampoo caiu no chão e eu abaixei para pegar. Nisso ele me deu uma encoxada

 

Gatinho da academia. - Uma semana após eu ter entrado na academia,conheci um garoto chamado Flávio. Ele é moreno, cabelo arrepiado, alto e muito bonito

 

O filho do meu chefe. - Sem que ele notasse eu olhei para a calça jeans dele e percebi que o pau dele estava pronto para estourar dentro daquela roupa, mas o garoto ficou tão assustado quem nem percebeu
 
PELA NET. - Fomos pro apartamento dele e ele me disse que adorava homens mais novos que ele. Aí ele veio pra cima de mim, abraçando pelas minhas costas. Meu pau tava mais duro que ferro
 
Gozada na cara - Também balancei a cabeça e fui levando minha mão em seu pau até que peguei nele. Ele era enorme em minha mão e ainda estava mole, meu pau não é pequeno, é médio, mas perto daquilo ele ficou minusculo
 
Era uma vez... - Eu disse que sim, pois achei legal a idéia, aliás éramos muito amigos. Eu batia nele e ele em mim. Meu pau latejava de tanto tesão, começou a sair o melado,

 

Primeira vez no cinemão - De repente os dois caras gozaram ao mesmo tempo. Um na minha boca e o outro na minha bunda. Fiquei todo lambuzado e mal toquei uma punheta gozei

 

  Viagem inesquecível  - Olho para ele e vejo que ele estava olhando para mim. Volto a olhar para a janela e fico pensando comigo mesmo que estou enganado que ele não quer nada comigo. Olho novamente para ele e vejo que ainda continua olhando pra mim e com uma carinha de safado.

 

Reparando a gente vê - Havíamos entrado pela porta dos fundos, a casa em si estava fechada, a chave estava com os pais dele. Ele me disse que as sungas estavam no seu quarto e que não dava para ir até lá, pois estava trancado. Falei para nadarmos pelados
 
Office Boy - beijos até chegar naquela bunda deliciosa, linda perfeita, foi tirando sua calcas, aparece uma cueca branca, que delicia, levei ele direto para o banheiro
 
Suruba na sauna gay. - Consegui agüentar, ainda não sei como, por uns 10 minutos antes de gozar. Foi talvez a melhor gozada que tinha dado ate então.
 
24 centímetros - chupando e começei a colocar devagar devarinho e comecei a enfiar quando cheguei no fundo dei um tempo e começei o vai e vem o vai e vem,

 

UM VIADO ME COMEU - Ficamos um pouco mais intimo e logo fiquei cada vez com mais certeza que ele era gay, não só eu, mas como a sala todo. Bom, vou descrever esse rapaz

 

Meu aluno particular - Em um dado momento, percebi que um garoto de pele morena, olhos negros, cabelos loiros tingidos, magrinho e muito gostosinho

 

Enfiando todinho no cu na frente do espelho - Olhei e achei bom pra enfiar no meu cuzinho virgem. Ai fikei com o maior tesao, e guardei de volta, pois estava a noite e meus pais estavam no quarto ao lado, e nao dava pra fazer o q eu queria....
 
Sauna do prédio. - comecei a puxar um papo de sexo, se ele tinha vontade de fazer alguma coisa com homem, pois ate então ele sempre tinha o tipo machão, alguma coisa tipo bater uma punheta, coisa assim

 

Apostei no Flamengo e comi meu amigo - Quando já estávamos unidos, joguei meu corpo sobre o dele, iniciando movimentos circulares; com uma das mão busquei o seu pau que realmente era grande e grosso

 

  Cavalgada em Cavalo Manso - Ostentava uma bunda empinada e carnuda. Já despido segurou o seu pau e olhou para mim e disse que só ele nu não adiantava nada, então concordei e tirei minha roupa

 

Cavalo Baiano - zoofilia- Ao chegar lá depois de dois dias todo aquele clima me dava uma tara fora do normal, principalmente que em uma de minhas caminhadas eu fiquei meio que boquiaberto
 
Turbo Negro e o Garoto Dourado- Fui socando e pedia a ele para abrir mais a boca. Ele conseguiu engolir a metade e eu comecei a foder sua boca
 
Três amigos - Como eu não retirei minha mão de lá e, ao contrário, apertei levemente seu cacete sobre a calça, eles notaram que o sinal estava aberto e começaram a me atacar ali mesmo, na sala. Tiraram as calças e eu fiquei masturbando os dois cacetes, enquanto eles mordiam lentamente meu pescoço e orelhas.
 
Para a zona norte de Lisboa - Vamos para a frente. A vida é curta e temos muito tempo, para estarmos dentro dum caixão. Gozemos enquanto é tempo. Procuro: Indivíduo que me faça reviver o momento louco da semana passada

 

Cavalgada em Cavalo Manso - Respondi que ele servia, e que tirasse a roupa imediatamente. Ele também espantou-se com o que eu disse, mas obedeceu a minha ordem

 

Vidraceiro pintudo 2 - ele jah bja minha nuca, meu ponto fraco, e começa a me abraçar com força, colando seu corpo ao meu, isso me excita muito, adoro cheiro de macho.

 

sou um pedreiro safado - RELAXANDO ATÉ QUE TIREI SUA CALÇA E ELE FICOU PELADINHO NA MINHA FRENTE, QUASE NÃO ACERDITE
 
22cm de verdade 2 - o caralho de Marvey era outra maravilha... daqueles que vc paga pra ver, para chupar, para rebolar em cima... Marvey se aproximou e procurou minha boca, antes que Adriel o fizesse, o que não adiantou muito, porque ele quis meter
 
Aconteceu comigo - Puxei o Garoto para uma cabine, antes sussurrei no ouvido dele o que desejava fazer de sacanagem, imediatamente ele concordou.
 
Aqueles dois - caminhava entre as pessoas da repartição, todas de preto, acusadoras. A exceção de Raul, todo de branco, abrindo os braços para ele. Abraçados fortemente, e tão próximos que um podia sentir o cheiro do outro.

 

Caminhoneiro Passivo - Não demorou muito, fiquei de pau duro, foi quando ele me perguntou se eu estava gostando do assunto e começou alisar meu pau.

 

Menina do Titio  - escolhi um vestido rosa e uma sandalia q cabia perfeita no meu pezinho de menina, tambem rosa super alta. Sai andando pela casa rebolando e rindo de felicidade. fui buscar uma banana pra brincar... quando dei de cara com meu tio...

 

De Repente, um Peão! - Eu estava de bermuda e uma camiseta cavada, chinelão e nem dava qualquer pinta do que de fato me interessava. Foi quando vi um dos caras desviar o olhar e vir na minha direção, abrindo um sorriso bem, sacana... Fez um sinal com o dedo, me chamando
 
Caminhoneiros  - Nesse momento o pau dele não parecia la grandes coisas. Ma mandou chupar e foi o q eu fiz, e logo o pau dele foi crescendo e crescendo.
 
Corpos Ardentes  - Quando voltaram para cama estavam apenas de cueca, neste momento a cueca de Oliveira já apresentava marca molhada do semem incolor e lubrificante expelido pelo seu cacete
 
Amizades que me deixam curioso - Até que teve um dia em que não me contive de remorso e acabei contando para 1 de meus amigos sobre mim, vamos chamá-lo de Marcelo.

 

 Uma Tarde Diferente 3  - chupar tbm fizemos um 69 delicioso qndo percebi q ele iria gozar parei e fiquei de 4 e mandei ele me fuder logo começamos um vai e vem delicioso

 

 Uma Tarde Diferente 2 - beijei o pescoço e logo nos beijamos loucamente enquanto marquinhos mamava na rola dele

 

 Uma Tarde Diferente  - ele me chupar ele começou meio desengonçado pois arranhava os dentes no meu pau
 
 Dando Por Gordinho do Ônibus  - Depois que entendi que ele pensou que eu tinha cantado ele, comecei a rir e expliquei que perguntei porque tinha algo vibrando na mochila dele. Ele riu e pegou o celular que, realmente, era dele e estava tocando.

 

 Vontade Enorme de Ter Aquela Pica!  - Aquela altura da conversa eu desejava ardentemente ser penetrado e comido por aquele macho, imaginando como ele me comeria gostoso

 

 Sexo Com Meu Primo Gato  -  Der repente ele sentou ao meu lado no sofá, e ficamos ali, e nada vinha em mente " um silêncio no ar", à não ser o som da televisão, logo ele pegou o controle e pôs em um canal pornô, eu comecei

 

 Apartir dos 12 anos!- Bruno nunca viu o pai mentir,resolveu confiar destrancou a porta e viu o pai,não tinha cintos nas mãos nem nada,joão pediu para Bruno se sentar na cama e logo começou a falar.
 
 Meu Tio Paizão  - eu assumi uma postura Bissexual em minha vida. Começando a buscar satisfazer meus de sejos sexuais mais contidos. Seja com um belo seio de mulher ou com uma bunda durinha de homem.
 
 Conversa sacana - vocês estão parecendo casados, porra! bicho, você tem que sentir o cheiro de outra pica! saber como é a pegada de outro macho.

 

 Minha primeira vez - O marcos rapidamente me segurou por traz e abaixou o meu shorts coisa que me assustou muito mas ele foi logo falando

 

 Machão bom do jeito que eu gosto - Aproximou-se de volta já tirando o macacão, abaixou a cueca e ficou peladão na minha frente. Passei a mão na mata de pêlos que cobria seu peitão forte.

 

 Meu negro...meu moreno!!!! - Cheguei na lagoa de Mairiporã por volta das 10 hrs da manhã do domingo,dei uma volta nas margens e procurei um local proximo a uma ponte no bairro dos Machados,onde tem uns eucaliptos,tava calmo havia muitos poucos banhistas.
 
Joguinho do sexo - Ele ainda pegava meu pau punhetava e chupava dava uma cuspida até que o deixou molhadinho e enfiou tudo na boca...
 
Férias na fazenda - Veio se apoiando em mim, encostando o pau na mminha perna e ficando duro de novo.
 
Tarado Por meu Pai - Não demorou muito meu pai entrou no banheiro também. Eu estava de costas no boxe e ouvi ele perguntar onde que tava doendo... falei e ele começou a me massagear...

 

Meu Amigo Fredy - Fredy era descarado, não tinha vergonha de nada e, sem mais nem menos, já saiu pelado do banho cantarolando como se tudo fosse normal.

 

Na Trilha do Parque - Que pau maravilhoso, estava muito quente, não demorei e comecei a chupar, ele logo segurou minha cabeça e começou a dar estocada, até que ele colocou tudo de uma vez na minha boca, pensei que não iria agüentar. Mas ele me acariciava na cabeça e me perguntava se eu queria rola mesmo...

 

O garoto do circo - Nunca tive interesse por homem mas aquele estava me fazendo questionar muito sobre o que eu sabia e não sabia até aquela hora.
 
Massagista tesudo - Quando acabou a massagem ele comentou que tinha tido um dia difícil e essa era sua última massagem do dia que na realidade o que ele precisa mesmo agora era de receber também uma massagem.
 
Ganhando presente no cinema  - Minhas mãos percorriam o corpo de Clóvis procurando sentir toda a extensão e a força de sua musculatura bem definida. Seus braços fortes me envolviam, empurrando-me contra a parede, enquanto lambíamos orelhas, pescoços, bocas, dedos...

 

Meu querido enfermeiro  - Passei a masturbá-lo também. Ele começou a me beijar. Jamais havia beijado alguém na boca. Foi com ele que aprendi a beijar. Sua língua fazia malabarismos dentro da minha. Não resisti e pedi para chupar o seu pau.

 

Sonho, o Açoriano - Avançou mais alguns metros e deparou-se-lhe uma porta aberta, escancarada para trás, da cabine onde deitado sobre uma cama de rede e algodão dormia nu um homem aparentando uns vinte anos.

 

Na sauna em BH - Ali a sauna estava cheia, mas logo ficamos eu e outros dois caras bem interessantes: um fortão peludo e barbudo e o meu conhecido, alto, magro e com uma vara enorme. Aquele silêncio que se instalou entre nós dois, cheio de trocas de olhares, só tinha um nome: sinal verde para o ataque.
 
Colegas de Classe - Depois de dois meses do início do curso, houve um dia em que não houve aula depois da pausa, saímos cedo e ele acabou me convidando para uma pizza no apartamento dele.

 

Conto erótico de revista - Fomos um pra perto do outro e ele ficou logo pelado, mandou sentar na frente dele e ajudá-lo a bater uma. Eu comecei a punheta-lo e ele perguntou se eu não queria tirar a roupa também, e se não queria chupar o pau dele que já estava saindo um liquido de tão teso.

 

Amigos safados - Chupei bastante até que ele mandou parar e terminou em meu rosto. Pouco depois me mandou ficar de quatro e transamos muito gostoso.

 

Na sauna, com os amigos - Foi liberação geral e mal podíamos respirar, a cabine luxuosa parecia uma sauna, suávamos muito, o calor dos corpos e o tesão era imenso e os gemidos com os comentários: me chupa cara, deixa eu te chupar, vira, vira quero te comer, deixa-me colocar em você, é rapidinho. Além dos gemidos, mordidas, beijos na boca entre nós e ela.
 
Amigo de pescaria- Pô Sandro, estou numa pior, a minha esposa está putíssima comigo, pois desconfia que eu tenho uma amante, e o pior, estou trabalhando tanto que não estou nem tendo tempo de pensar em nada disso, e por estas discussões a nossa vida sexual vai de mal a pior! Já faz duas semanas que não transamos, estou ficando louco!
 
Febril e safado - Caí de boca nela também, lambendo aquele cu que parecia estar fervendo de tão quente. Pouco depois enfiei meu pau naquele buraquinho quente e apertado e bombei, me segurando pra não gemer muito alto.

 

Leite logo cedo - Ele me convidou para ir até o quarto enquanto se arrumava. Levantei o mais rápido possível e atendi a seu chamado. Ele tem 1.65m de altura, 34anos, corpo malhadíssimo (futebol), 17cmx5 de pica (aproximadamente), um sonho!

 

Depois da noitada - Comecei a tocar-lhe uma gostosa punheta por cima da cueca ao mesmo tempo em que eu me masturbava já completamente alucinado. Com muito cuidado para que ele não percebesse libertei seu pau da cueca e pude vê-lo na sua plenitude.

 

Dois irmãos pauzudos - E ai ouvi o que queria ouvir. O Alex falou que tinha me observado e viu que eu não cheguei em mulher nenhuma, que não tirava os olhos dos meninos quando estavam nadando, além da insistência em confirmar o tamanho dos cacetes deles. Por isso achavam que eu gostava era de pau e não de buceta.
 
O morenão do bar - Trouxe-o para minha casa e transamos até de madrugada, chupei seu pinto enorme e grosso, duro. Na hora de colocar doeu muito, mas também senti muito prazer. Fazia anos que não dava para ninguém mas não resisti, mas nunca transei tão gostoso em toda a minha vida.

 

 

Reencontro de amigos - Arrancou minha roupa e começou a me chupar até que gozei na sua boca. Então eu chupei aquele pau que tinha um cheiro maravilhoso até que ele gozou. Nos refizemos e então ele pediu que eu o comesse, o que obedeci prontamente, em várias posições.

 

(O Dia do Meu Casamento)  João o Meu Pedreiro - Resolvi, me acalmar e relaxar. Logo a dor deu lugar a uma sensação de prazer que nunca tinha tido antes. Aquele pinto sem proteção parecia que estava ainda maior e latejava dentro do meu rabo. João caprichava nas metidas e logo ele estava me fodendo deliciosamente, com vigor e profundamente.

 

O garotão cowboy - Meu pau já estava duro e acho que ele percebeu. Em boa parte da fazenda, que era enorme, fizemos o percurso a pé mesmo, e ele foi me mostrando tudo. Só paramos para almoçar e depois continuamos até o final da tarde. Durante o dia inteiro não consegui parar de reparar naquele gatão, que falava rápido e com sotaque caipira.
 
O VAMPIRO - Aquilo estava me excitando então supliquei mais uma vez já esperando outra pancada. Ele me levantou pela gola do casaco e me arrastou até o lado de uma banca de jornais que tem por ali. Me jogou contra a parede mandando ficar de quatro. Colocou meu sobretudo de lado, cuspiu no meu cú e enfiou algo grosso e duro dentro de mim.
 
Amigo Caminhoneiro - Ele notou que eu o observava e admirava cada parte de seu corpo. Ele, então, sem jeito, agachou para apanhar a toalha, quando então pude notar sua bunda, maravilhosa, como o resto do corpo, lisinha, carnuda e deliciosamente protuberante, eu já não podia esconder minha excitação por debaixo de minha toalha.

 

O que quero da vida? - Merda, esperava qualquer tipo de reação dele, menos esta... queria que ele nem me olhasse, me desprezasse mesmo... quem sabe assim despertava em mim algum sentimento ruim e eu ficaria em paz, esquecendo-o (Tunai em uma bela musica dizia "As aparências enganam/ Aos que odeiam e aos que amam/ Porque o amor e o ódio se irmanam na fogueira das paixões") ...

 

Duplas do autorama - Os outros caras que estavam ao meu lado saíram e fiquei sozinho, observando de longe a pegação. O tesão aumentou mais ainda quando vi que o mais boyzinho, de boné, estava chupando o outro, um moreno saradão que depois começou a meter forte no outro cara, dando tapas na bunda dele que onde eu estava dava para ouvir.

 

Mistério e sexo em minha casa - Acho que dormi rápido devido ao cansaço. Acordei de supetão com alguém me bloqueando a boca como se me impedindo de gritar. A casa escura, não se via nada. Pus-me a esperniar, o suor tomou conta do meu corpo e eu por várias tentativas de me desvencilhar mas o homem era muito forte, maior que eu.
 
Estupro, como adivinharia - E aceitei.Fui até a casa dele, vestimos roupa de academia e depois de uma meia hora de aula, quando eu estava só de calção e camiseta e ele já havia tirado a camiseta, Paulo pergunta se eu poderia mostrá-lo como usar as algemas e assim o fiz, ensinando-lhe e algemando-lhe, depois soltei e ele pediu para fazer o mesmo. Eu deixei e ...

 

Conheci no bate-papo - O sabádo parecia que ia ser como todos os outros. A noite estava fria, e dentro de mim, a vontade de encontrar alguém para me aquecer era grande. Tinha uma festa em uma boate para ir, como não queria chegar cedo, decidi entrar na sala de bate papo pra matar o tempo. Logo após a minha entrada, entrou um nick BI.21CM/MORUMBI.

 

Pau de pescador é como anzol, quando sai faz um estrago... - Em seguida ele gozou tanto que eu chegava a sentir o pulsar de pica gozando dentro de mim. Tirou pra fora e me mostrou a camisinha cheia da porra dele. Como eu tenho tara de "tomar" leite de homem, abaixei-me e pedi para ele despejar a porra que estava dentro da camisinha na minha boca. Ele fez o que pedi e eu me masturbei gozando com ele derramando a porra na minha boca... Isso aconteceu na terça-feira de carnaval !!!

 

Meu primo chantaista - É o seguinte: eu dou prá você e você deixa eu ir lá prá fora brincar! Luiz Fernando pensou um pouco e topou e já foi abrindo a bermuda prá tirar a pica prá fora. - Calma – pedi, me dirigindo até ele e me ajoelhando a seus pés – Deixa que eu faço isso! Dito isto, baixei o zíper da sua bermuda, baixei-a até em baixo, deixando-o apenas de cuecas e passei a dar beijinhos na sua rola, sob a cueca. Fernando, que não esperava esse tipo de reação de minha parte, ficou super excitado com meu desempenho (ele não sabia que meu vizinho Marcos era um assíduo visitante do meu cuzinho e da minha boca.
 
Estuprado pelo cliente pauzudo - Me puxou para perto dele e mandou eu tirar a calça. Eu já estava quase chorando (eu até curto uma sacanagem com homem, mas não curto dar e nunca curti violência). Ele continuou: "Eu vi você hoje me medindo, olhando meu pau, minha bunda, tá achando que eu sou viado?", disse. E ainda complementou: " Vou te ensinar quem é o viado aqui". Quando eu vi, ele tinha arriado minha calça até o joelho e me jogado em cima da escrivaninha da recepção. Ele tirou o cinto da calça e começou a lascar. Eu apanhei e chorei de soluçar.

 

Flagrado pelo irmão - Ele me tirou do colo e me jogou na cama. Se levantou, me olhou e disse: Já que você cheirou a minha porra, agora vai beber ela direto do meu pau. Foi quando eu vi que o pau dele estava duro.A bermuda apertada desenhava até as veias! Ele abriu o velcro e me puxou pelos cabelos, enquanto com a outra mão segurava o pau e o forçou contra a minha boca.

 

Mudança de planos - Entro na banheira, tomo a ducha. Ele me olha, tira a cueca, sem falar, me mostra o pau, duro, latejando, arregaça a cabeça. Eu não resisto, aproximo a minha boca, ele encaixa lá dentro. Depois, enxugaria o meu corpo, me levaria para a cama, me deixaria de quatro, óleo de amêndoa no meu reguinho, o dedo lá dentro, dois dedos, o pau, grosso, gostoso, enfiado todo de uma vez. Em silêncio, o gozo profundo.

 

Do banheiro para a cama - Nessas alturas do campeonato, eu não estava mais nem aí e resolvi investir na minha conquista. Disse que há muito tempo estava de olho nele, que achava ele um homem muito gostoso e tesudo. Ele também retribuiu o elogio dizendo que me achava muito gostosinho. Ele pediu para eu encontrá-lo no banheiro.
 
Chifrando na varanda - Na madrugada, meu namorado estava dormindo tranqüilamente no nosso quarto enquanto o carinha estava no quarto ao lado que tinha uma varanda.Não resisti e fui fumar um cigarro, em frente justamente no quarto em que ele estava.

 

Primeirinha no banheiro - Quando eu estava no banheiro, me chamou atenção um cara que me olhava há um bom tempo pelo espelho. Só que eu nunca tinha transado com outros homens, só com mulher, por isso, fiquei com medo. Fui cortar o cabelo e depois resolvi comprar um presente do Dia dos Namorados (que era um dia depois), quando um outro carinha me chamou muito a atenção!

 

Profissional do Sexo - Depois me colocou de franguinho e enquanto metia no meu cu, me beijava gostoso. Ele realmente era um profissional do sexo. Fizemos varia posições. No final ele tira o pau do meu cu, enfia na minha boca e eu chupo até ele jorrar seu leite quente que escorre queixo abaixo, depois ele vai até o meu caralho e bate uma punheta até eu gozar gostoso. Paguei o cachê e fomos embora.

 

Escravo quer mais! - Ele sabia que aquela sauna não permitia gays porque era ambiente familiar, exclusivamente para homens, onde freqüentava inclusive meninos, adolescentes e idosos. Quanto mais o xingava, mais ele ficava de pau duro. Perguntei o que estava acontecendo e ele implorou que eu o humilhasse mais. Disse que morria de tesão por mim, que queria que eu o mal tratasse, que batesse e judiasse dele, que ele precisava disto.Falei que era louco e ele implorou, dizendo que ele seria meu escravo se o humilhasse.
 
Virgindade? Já era! - Depois pedi mais e ele veio de novo. Apesar de ser muito dolorido, gostei muito. Ele disse que vou acostumar e só vou sentir prazer. Espero. Foi a primeira vez, mas achei ótimo e quero fazer sempre. Ainda estou sentindo o ânus ardendo e seu esperma escorrendo em minhas pernas. Minha amiga dormiu em casa e disse que vai me dar umas dicas antes de ir embora.

 

Dois estranhos bem bons - Seu amigo veio na frente e me mandou chupar bem gostoso. Segurei com a mão, acariciei e comecei a fazer o que mandou. Chupei gostoso enquanto era comido. O garoto gozou em minha boca e mandou engolir. Como já estou acostumado não perdi uma gotinha, engoli tudo, lambi e não queria tirar da boca. Senti um jato de esperma dentro de mim. O rapaz gozou bastante. Ficamos deitados ali uns dez minutos. Esse que eu tinha chupado me mandou que o fizesse novamente. Obedeci. Quando estava bem duro me virou para colocar. Era maior que o primeiro e pedi que fosse com cuidado.

 

Serviço completo - Mas mesmo assim continuei chupando até que o cara gozou tudo na minha boca, tive que engolir! Muito bom! Ele me perguntou se eu queria dar o cuzinho ali mesmo, não sei o que me deu, mas eu aceitei. Fomos para o banco de trás, ele pegou uma camisinha, vestiu o pau e eu sentei muito fundo naquela vara!

 

De frente para a benga - Ele segurava minha cabeça e queria meter na minha boca, quase me engasgava com aquele pauzão, ele estava soltando uma baba deliciosa que eu bebia  todinha, até que ele começou a gemer com a minha mamada. Sentia o pau dele enorme, duro. Ele soltou um jato enorme de porra quente e salgada na minha boca, enchendo-a de leite grosso. Foi uma delícia!
 
Meu primo chato - Ele gemia... gemia muito enquanto eu o chupava, foi nessa hora que ele me pediu que eu me levantasse, e eu como seu escravo, sem reagir levantei-me e ele me abraçou por trás senti seu pênis encostando em meu anus automaticamente ele pegou em meu pênis e começou a me masturbar, nunca senti tanto tesão na vida ele foi me penetrando era uma dor enorme mas o prazer era maior que a própria dor. Ele me colocou de quatro e foi me chupando inteirinho e dando leves mordidas em minha bunda.
 
Anjos selvagens - A dona da pensão era uma matrona corpulenta de cabelo, quase, vermelho, e ainda mais maquilhada, que as putas velhas que se encontram há noite na Avenida dos Restauradores á cata de clientes. E antes que abríssemos a boca, foi logo perguntando se tínhamos o "BI" (cartão de identidade) ou "passaporte". E quando Pedro lhe respondeu que não, disse que sem identificação nada feito, que a policia estava sempre a aparecer por ali de surpresa para fazer rusgas e não queria ter mais problemas. E avisou que dificilmente encontraríamos alguém por aquelas bandas que aceitasse alugar-nos um quarto nessas condições...

 

A Mudança - Mas infelizmente, só ficou nisso, os meses se passaram e eu via que era só beber um pouquinho e pronto, começava a me secar, eu, louco de tesão, provocava, deixando cair coisas e me abaixava para pegar e virava a bundinha pra ele, e ele ficava louco!!! Até que um dia quase na metade do mês de julho, fui até a casa da minha avô, mas ela não estava, então, me lembrei que ela tinha ido visitar um parente e só iria voltar à noite. Quando já estava quase indo embora, vejo o Giovane do outro lado da rua, de shorts, sem camisa, com uma lata de cerveja na mão, nessa hora, meu coração foi a mil... Ele então, já meio bêbado disse:

 

A atração foi mais forte, comi meu amigo - Tomei um susto tremendo e fingi não ter percebido. Ele parecia estar dormindo e pensei que talvez nem soubesse o que estava fazendo. Só que foi impossível controlar o tesão. Meu pau pulsava e pensei que ia gozar nessa situação mesmo. Não me contive e olhei para o rosto dele que estava em meu peito em direção voltada para meu pau. Foi quando ele levantou a cabeça em direção ao meu olhar e ficamos então nos >olhando fixamente. Aqueles olhinhos verdes me fascinavam. Ficamos assim: sem nada dizer. E quando dei por mim nossos lábios se aproximaram e nos beijamos suavemente. Nunca tinha beijado um homem na boca. Foi espetacular. Eu acariciava seu rosto e chupava-lhe a língua deliciosa que ele tinha.

 

Levei 19cm de um garoto de programa - Perguntei a ele se aquela mancha na calça dele era graxa e ele disse que não, que era tinta e eu disse que na verdade parecia ser mancha de tiner e com essa desculpar passa a mão na calça dele em cima da mancha dizendo que aquilo lá não saia de jeito nenhum. Foi aí que ao mesmo tempo em que passava dois dedos na mancha os meus outros dedos relavam na calça dele encostado de vez em quando no seu pau que eu vi começava a endurecer e ele falou: Acha grande, né e eu disse: é, é grande sim mas, ainda não tinha visto o tamanho mesmo e aí eu passei a mão mais em baixo, peguei em cheio e vi que se tratava de uma rola gigantesca ...

 

Boquete em frente ao computador - Num movimento súbito eu disse: Espera aí que eu vou pegar um negócio aqui e tirei da gaveta uma fita métrica. Sua bermuda estava presa por um clipes pois como não tinha elástico ela estava caindo e ele logo me perguntou depois que eu tirei o clipe e desabotoei a bermuda: O que você está fazendo? Eu disse: Espera aí que eu vou medir seu pau pra ver se você se enquadra nos requisitos da menina que eu te falei e antes que ele dissesse alguma coisa eu descolei o feche da bermuda que era daqueles de grudar, enfiei a mão dentro da cueca dele e coloquei sua rola pra fora e o pau dele cheirava muito, cheirava rola mesmo ...

 

Deus Italiano - Chegando lá, conversamos um pouco e logo ele me fez algumas perguntas pessoais, foi quando confessei que nunca tinha tido nada com um homem, mas que estava muito a fim de ter algo com ele. Ele então me pegou pela mão, me abraçou e me deu um beijo que me tirou o fôlego. Pedi para ele ter calma comigo, e ele me disse que teria toda calma do mundo. Continuamos nos beijando, então ele tirou sua blusa e logo tirou a minha também e começou a beijar e acariciar meus mamilos.

 

Provando do outro lado - Desesperado, nadei em sua direção (uns dois metros) e segurei-o. Havia realmente tomado bastante água. Levei-o para a borda da piscina onde pudesse se apoiar e, logo após, tirei-o de dentro. Não entendia como alguém como ele, forte e quase 1,80m, não sabia nadar. Já melhor, iniciamos uma conversa. Depois de algum tempo, já sabíamos muito sobre um e outro e foi quando, em tom de brincadeira, ele me disse que temia que eu fizesse uma respiração boca a boca... pois iria gostar e que já fazia vários dias que ele não conseguia tirar os olhos de mim, mesmo quando Silvia estava do meu lado. Foi até seu chalé e voltou com uma garrafa de vinho. Ao levantar-se, no auge da nossa conversa, não pude deixar de notar suas coxas grossas e um corpo bem trabalhado pela musculação.
 
Massagista tesudo - Eu o encarei e disse que minhas mãos estavam eram cheiras de tesão por ele... Nessa hora eu pude ver o volume querendo sair de sua cueca e então fui chegando perto com meus dedos e lentamente enfiei meus dedos dentro de sua cueca e passei lentamente meu dedo sobre a cabeça já melada do seu pau...nesse momento ele apenas gemeu e eu percebi o sinal verde e ataquei... comecei a mordiscar aquele cacete por cima da cueca e lentamente fui tirando sua cueca e abocanhei seu cacete todo de uma vez...

 

A cueca cheirosa - cheio de pêlos, uma bolas enormes, foi maravilhoso. Senti que o pau dele tinha começado a endurecer, fiquei com medo mas decidi ver até onde ia conseguir. Tasquei a mão no pau dele e que surpresa - era uma pau imenso, muito grosso e não circuncidado, do jeito que eu gosto! Comecei a acariciar o pau dele pensando que ele estava dormindo quando ele meteu a mão dentro da samba canção e empurrou o pau dele na direção que estava minha mão. Eu sem falar nada comecei a lamber o sacão

 

Papinho do Professor - Ele veio mais perto de mim pra me beijar e eu virei o rosto, e pensei logo: minha boca não, mas meu pau é todo seu. Já sentei nuns cochonetes que tinha por lá e como eu estava só de cuecas, foi fácil. Ele abocanhou meu pau que foi crescendo rapidamente na boca dele, as mãos dele percorriam minhas pernas e logo foi subindo pro meu peito, depois descia pela minha barriga nos meus pelinhos até chegar novamente no meu pau. Continuava a chupar

 

Tato e contato - peguei-o pelos braços, e joguei-o pra baixo, deixando-o de bruços para o sofá. Deitei-me sobre seu corpo, e o envolvi em meus braços. Comecei a beijar seu pescoço e lamber seu ouvido, pronunciando obscenidades na intenção de deixá-lo mais excitado, e a estratégia dera certo, pois ele gemia incessantemente e pedia pra que não parasse. Apanhei um preservativo que estava num pote sob a mesa ao lado do sofá, e encapei, meu pau posicionando-o em ...
 
PM safado, tirou a virgindade do meu cusinho - A cabeça, bem grande encostando bem no fundo, a tora indo e voltado mas embaixo, os nervos de sua pica, toda desenhada, faziam uma deliciosa massagem pelas paredes do meu reto, enquanto o saco, bem grande, e bem duro, se amassava no meio de minhas coxas.
Aquilo tudo esquentava, fazendo de nós uma única e deliciada pessoa. Ele me pegava em varias posições, me fazendo sua putinha, me comeu tanto, e me comeu gostoso... o outro policial ...
 
Meu pai e o pedreiro - Pensava que eu não ia retribuir? Eu sou muito macho mas adoro mesmo é um bom pinto! - Então vai meu macho, chupa ele todinho! - Isso, patrão, me chama de seu macho, diz que eu sou um filho da puta... . - Cala essa boca e chupa essa porra direito, meu macho filho da puta! Engole esse caralho todinho, pedreiro de merda! E forçava a cabeça de João que engolia todo seu pau com vontade.

 

Um pepino e dois tomates  - Ele aproximou seu pinto do prato, pegou a lata de azeite e começou a derramá-lo na sua glande, enquanto salpicava um pouco de sal no corpo do seu membro. O fino fio de azeite começou a umedecê-la, caindo no prato. Seu cacete pulsava, voltado quase para o teto. Ele me olhava divertido. "Larga a faca e o garfo, pois este pepino e estes tomates você vai

 

Ativão transforma-se em passivo - Encapei o menino e, de frango, começou a me enrabar. Achei que iria morrer, ele me rasgava. Mas foi muito cavalheiro ao esperando meu cu acostumar com aquela pica para, então, poder bombar. Eu não queria mais, pois machuva muito. Mas ele forçou e começou a me punhetar, aí delirei e

 

 O musculoso do supermercado de Brasília. - Logo ao chegar eu o vi: mais ou menos 1,90m, cabelos curtinhos morenos quase raspados, um rosto lindo. Mas isso não era nada perto do que havia do pescoço para baixo: um corpão musculoso, desses que vivem na academia, um peito monumental, saltado, carnudo, ombros, costas que a camiseta mal escondia os contornos e um par...
 
Brasil dos brasileiros - Mas tive ainda alguma lambuja na hora de pegar a bagagem na esteira giratória, enquanto eu esperava a minha mala entre tantas que passavam vi que ele foi com o carrinho dele bem pra minha frente, me deixando ver o que eu não tinha tido chance no avião, sua bunda empinadinha, apertada nas calças junto com aquelas coxas fenomenais, e os músculos do peito e braços colados na camiseta verde reveladas num stripper  de jaqueta e blusa graças ao calor do verão brasileiro. Eu não deixei por

 

Segurança mais que eficiente - ... vendo uma revista gay(eu  não podia levá-las para casa) e silenciosamente o Jonas chegou. Era quase uma hora antes dele entrar em serviço e eu esfriei de medo ao ser flagrado ali, pelo segurança gostoso e machão, com uma revista cheia de fotos de picas maravilhosas e caras sarados fodendo, na minha mão. Eu nem cogitei à hipótese de acontecer alguma coisa entre nós, e tudo que eu queria era dar um jeito de no momento ele ficar quieto. A possibilidade de todos descobrirem,  que eu sou homossexual, inclusive meus pais, me apavorou e a minha primeira reação foi de tentar suborná-lo, comprando seu silêncio. Eu ofereci dinheiro a ele, e, sem falar nada, ele me pegou firme pelo braço me encostando de frente na ...

 

Aos poucos é mais gostoso - Às vezes quando ia dormir na casa dele ou ele na minha, ficávamos horas conversando e batendo punheta, um em cada cama. Nunca passava pela minha cabeça fazer algo com ele, mas eu sabia que tinha tesão em ver aquele pau grosso na mão dele. Até que um dia, quando eu estava em sua casa ele me chamou para tomar banho com ele, pois seria melhor bater punheta molhados e etc. Fui sem pensar duas vezes. O chuveiro era grande, e dava para nós ficarmos quase deitados, um em cada lado. Porém nossas pernas ...

 

Cacete que me criou - Quando olhei a pica do meu pai já estava dura que nem pedra, retinha, pronta para ser engolida, então ele pos a mão dele e me agarrou pelos cabelos, forçando minha boca na pica dele, hmmmmmm, eu chupei aquela pica salgadinha e ele me estuprava, fodendo minha boca. Ele ...
 
Aulas particulares de sexo - A aula continuava e pela mesa de vidro podia ver o quanto o Rafael mexia no pau por cima da cueca, até que uma hora não pude evitar que o meu pau ficasse completamente duro e fazendo um puta volume duro na minha calça jeans. Ele levantava, ia até ...

 

Chuvas de Sampa - Ele chupou meu pau como nunca ninguém havia me chupado. Quando eu ia gozar, pedi para enfiar na bundinha dele. Ele ficou de quatro rapidinho e pediu pra eu enfiar tudinho. Eu enfiava com força e o cara rebolava tão bem que eu enchi seu cuzinho de porra. Brincamos pelo ...

 

O vigia do pau grande - Continueu as provocações e ele me pediu para  foder, ai eu disse não. Continuei com as provocações e ele então pediu novamente e eu dei outra negativa. Alucinado com as provocações ele pulou o muro e me pegou a força... Ele me fodia com ...

 

Casado, macho e enrabado - Ele tirou as calças mas ficou sempre com sua t-shirt. Acho que estava grilado por ser meio gordinho. G pediu pra ser chupado e eu, já meio alto, caí de boca. Já havia chupado caralhos duas vezes antes. Mas a pica de G era realmente muito gostosa. Cabeçuda e boa de chupar! M disputava a piroca de G comigo e achei tudo muito excitante ...
 
A antena do tio  - Ao agachar, o saco dele saia para fora dos shorts, e eu tentava não olhar, mas tinha a esperança de ver aquele pau tão fantasiado nas punhetas que eu sempre batia no banheiro da piscina. Mal vi que ele tinha percebido o alvo da minha atenção, e quando eu voltei para pegar outra caixa,a metade do pau dele estava de fora como que propositalmente, e dava para ver a ponta daquela cabeça vermelha e brilhante, parcialmente coberta por uma pele super alva. Fiquei como que hipnotizado ...

 

Os meninos do Backstreet Boy - De repente Nick e Kevin vieram na minha direção e começaram a beijar meu rosto, enquanto Howie acariciava meu pau com suas enormes mãos. Ao meu lado AJ tinha tirado um roupa e começou um se masturbar lentamente, não agüentei e fui chupar seu pau! Chupei deliciosamente deixando Nick e Kevin na mão!  Excitado e já sem roupa Kevin Nick e Howie se chupavam deliciosamente enquanto AJ estava sendo chupado por mim e beijado por Brian! Brian o beijava mas não parava de ...

 

13 homens e um destino - Oito meses se passaram depois dessa loucura inaceitável. Os exames chegaram novamente. Eu estava negativo. Pela quarta vez. O meu antigo chefe já começara a sentir os sintomas pérfidos da maldita. Eu aprontei tudo por uma vingaça sem lógica. Uma dor cega e irresponsável. Fui agraciado mais uma vez. E agora eu havia aprendido a dura lição. Hoje encontrei alguém que por enquanto não sabe das minhas diabruras.

 

Garoto de programa - Durante alguns minutos ficaram olhando  os cacetes rígidos, e  inicialmente Hugo acariciou o pau do amigo,  colocou  preservativo, passou  KY,  sentou naquele cacete de 22 cm,  que  caralho lindo tinha Hugo, William  estava comendo seu amante de frango assado, e enfiou um dedo junto, Hugo, gemia, urrava de tanto tesão
 
Café da manhã - Sua calça era justa, deforma que eu via nitidamente o volume de seu pau. Era grande e grosso. A braguilha de sua calça estava estufada. Imaginei: que fartura este homem possui. Suas pernas eram grossinhas e roliças. Antes que ele notasse desviei o meu olhar, pois eu já estava excitado.
 
Uma puta sorte - Eram dois homens másculos, negros e bem musculosos. Falei para eles. "Vão ficar só olhando". Eles tentaram fugir mas fui atrás deles e disse. "Não gostaram?" Um deles, de nome Alexandre, afirmou: "Claro que sim, nunca vimos uma putinha tão gostosa". Com sua afirmação, falei logo. "Vão ficar aí olhando".

 

Minha primeira vez - ... e subi para o mezanino. Lá encontrei um brasileiro muito legal  e seu amigo que se beijavam loucamente. Me convidaram para conhecer um lugar chamado Miami Body Center, uma espécie de sauna-academia gay. Na saída o norueguês que não largava do pé me acompanhou até o saguão do edifício. Disse que era casado, que tinha marido americano, etc, mas que não resistia a um latino e... começou a me beijar apaixonadamente. Se encantou com meus olhos ...

 

Num quarto de hotel - Ele me beijou longamente e partiu para o melhor banho de gato que eu já experimentei na vida. Me lambia, beijava e chupava todos os pontos do meu corpo; peito, cangote, barriga, virilha, bunda, pau, axilas, dos  dedos dos pés, palmas das mão parando por um bom tempo no meu rabinho. Da cama fomos para o chão e de lá para um sofá e já  estava subindo pelas paredes quando resolvi pôr em prática tudo o que havia visto nos vídeos pornôs. Agarrei aquela piroca grossa e pesada e mamei como bezerro faminto, deixando aquele...

 

Cunhado gostoso - ...sábado de manhã, comecei  agitar a galera pra pular na piscina. Não podia esperar pela hora de ver o corpo do meu cunhadinho. Ele disse que estava cansado e que não ia. Não insisti muito pra não dar muita bandeira e fui pra piscina. Quando já tinha perdido as esperanças, vi saindo da casa o Guto com uma sunga branca. Não resisti e meu pau ficou duro.Aquele volume que ele tinha na sunga me deixou louco de tesão não conseguia parar de olhar .  E quando...
 
Somente dois de nós - ...deitou no chão, a areia estava quente, e não me disse mais nada além de: "Só pra nós dois!".Sem que eu pudesse fazer ou falar qualquer outra coisa, ele me beijou delicioso e apaixonadamente. Eu não estava entendendo nada, mas também não ia quebrar aquele clima e nem o desejo dele. Estava tão bom! Ele deitou-se ao meu lado e, sem parar de me beijar, começou a ...
 
Tesão no chuveiro do clube  - ...Fiquei desapontado , mas por minha sorte , quatro gostosos entraram no chuveiro , todos de sunga ( tenho uma paixão por sungas apertadas ... ) , pela marca  nas sungas  dos do cacete , percebi que estava cercado por uma colônia de bambus enormes . O mais gostoso ficou na ducha frente a minha , parecia que eles me cercavam procurando por virgens viadinhos , pois tinham outros chuveiros livres . De repente eu começo a olhar pro gostoso da minha frente o qual estava conversando com seus amiguinhos tesudos , detalhe , eu ...

 

Um Dia no Clube  - ... Ambos nos tocamos de que queríamos nos beijar. Naquela altura do campeonato, o outro cara  já  tinha se mandado e os dois começaram a ficar de pau duro. Ele ficou olhando o meu pinto subir, enquanto o dele já estava bem duro, só subiu um pouquinho. Foi quando não resistimos, e ele me abraçou e começou um me beijar. Eu tremia tanto que quando ele passou a mão no meu peito, deu uma risadinha. Ele não precisava dizer nada, eu já ...

 

UMA TAÇA    - ... queria agradecê-lo, portanto recomecei a fazer o que mais sei: boquetear aquele pau delicioso, e recomeçamos o 69 de antes, mas dessa vez eu também masturbava o pênis dele na minha boca para aumentar o prazer, e ele fazia o mesmo comigo ele logo gozou, e foi delicioso sentir o gosto do sêmen dele escorrer pelos meus lábios, o mesmo gosto que o meu, pois eu sempre experimento após me masturbar. Eu demorei mais para gozar, mas quando gozei, quase desmaiei de prazer. Ele ...

 

O Vizinho Caralhudo - ... O elevador parou no oitavo e eu deveria seguir até o décimo, onde moro. André abriu a porta, prendê-la com o corpo e fez o convite: - Vamos lá, garoto, vamos em casa. Meus pais viajaram. Vamos brincar gostoso. Quero te ensinar a fazer sexo de verdade. - Não, cara, sem essa, não sou viado. - Melhor ainda. Vamos transar como dois machos gostam de ...
 
A Primeira Internacional  - ... comecei a fazer um movimento bem lento de ida e volta com a mão, com a outra sentia as bolas dele, eram bem soltas, grandes, e me deu uma incrível vontade de chupá-lo, mas eu me segurei, pois alguém poderia acordar. Foi quando eu percebi que os dois assentos da fileira ao lado estavam vazios, pois o vôo não estava muito lotado, e as poltronas eram um pouco mais para trás, o que tornava quase impossível de sermos vistos por alguém dos lados. Ele se ...
 
A Carona  -  ... Paulo sorriu e disse que Roberto estava perdendo tempo, pois esta não era a dele. Nunca tinha transado com viado. Mas que não se importava com os carinhos de Roberto. Disse que estava curioso sobre como dois garotos se relacionavam e cobriu Roberto de perguntas. Roberto perguntou por que ele não experimentava?  Ele poderia levar Paulo a loucura. Paulo antes hesitante acabou concordando, desde que Roberto não ...
 
A primeira, agente nunca esquece   - ... Deixei ele descer primeiro, olhei bem nos olhos dele, inocentemente, como quem não quer nada. Foi aí que ele apertou a minha coxa, e perguntou se a água estava muito quente! Eu sorri e saí da piscina. Fui me secar e sentei na cadeira onde estavam as minhas coisas. Eu nem me dei conta que ele estava ali, se insinuando para mim. E como eu não dei nenhum sinal de excitação, ele veio e começou a se enxugar na minha frente, era impossível eu não ver aquilo! Eu ...